Caerd mente – Moradores do Cuniã reclamam do abastecimento de água

0
21
Imprimir página
Moradores da rua Osvaldo Calixto, no Bairro Cuniã, zona leste de Porto Velho, estão enfrentando problemas com a falta de água. Segundo eles, há mais de 10 dias que a água não sobe para as caixas d’água. Indignados eles reclamam da frequência em que o problema acontece, muito diferente, por exemplo, das contas que não atrasam para chegar, nem têm seu vencimento prorrogado por causa da falta do serviço de abastecimento.
Para poder tomar banho, lavar louça e roupa, o morador Domingo Sanges, precisa encher baldes de água. “A gente não aguenta mais esse sufoco que estamos passando com a água fraca que chega em nossas casas. Um serviço precário, que a gente paga mensalmente. Eu já liguei na central de reclamações da Caerd, mas a moça disse que só resolveria o problema, caso tivesse várias reclamações feitas e não só a minha. Nós queremos apenas usar com qualidade o que pagamos mensalmente”, reclamou o morador.
Quem também enfrenta o mesmo problema em casa é o morador Warley Bueno Borges. “Agente não sabe mais o que fazer para resolver nosso problema de falta de água. Para tomar banho ou lavar algo, temos que encher baldes porque a água não vem com força igual antes que subia para as caixas. Nós queremos que essa situação seja resolvida porque todos os meses a conta chega, mas o serviço que é bom, não é prestado como deveria”, disse o morador.
Procurada pelo RONDONIAGORA, a Caerd informou que houve um problema em uma peça chamada barrilete e foi consertada no final da tarde de segunda-feira (10). Sempre quando falta água com esse tipo de problema, segundo a Caerd, leva um tempo para toda a malha de distribuição pressurizar toda a rede. A Caerd informou ainda, que uma equipe será enviada na próxima quarta-feira (12), para verificar o que está acontecendo na região.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here