MDB reúne multidão e anuncia Isaú Fonseca como pré-candidato a prefeito de Ji-Paraná

0
29
Imprimir página
Atendendo a agenda pré-eleitoral do partido, o Movimento Democrático Brasileiro de Ji-Paraná (MDB) reuniu correligionários, filiados, convidados e autoridades, na noite de sábado (30), com a finalidade de filiar e apresentar os pré-candidatos aos cargos de vereador e prefeito que disputarão o pleito de 2020.

O encontro ocorreu na Câmara de Vereadores e o plenário estava totalmente lotado por convidados, assim como, o saguão e o estacionamento, onde os organizadores utilizaram um telão para que todos pudessem acompanhar o evento que foi conduzido pelo presidente do MDB Ji-Paraná, empresário Jônatas França, com a participação do presidente do MDB Rondônia, Tomás Correia, deputado Federal Lúcio Mosquini (MDB), senador Marcos Rogério, presidente da Assembleia Legislativa (ALE/RO), deputado Laerte Gomes (PSDB), a representante do senador Confúcio Moura (MDB), Vilma Alves, o primeiro suplente de deputado estadual, Airton Gurgacz (PDT) e o ex-vereador, Isaú Fonseca.

No discurso de abertura, Jônatas França pregou a união e o equilíbrio como forma de alcançar os objetivos conquistados até o momento e dar seguimento ao projeto e as conversações com outras siglas partidárias. “Estamos conversando e alinhando os pensamentos. É preciso que o projeto que o MDB esta construindo para o município de Ji-Paraná tenha clareza para que seja absorvido pela sociedade e os políticos”, enfatizou Jônatas.

Ainda segundo Jônatas, o MDB deverá disputar a eleição do próximo ano com uma das melhores nominatas de candidatos a vereadores. Para prefeito, o partido encabeça a candidatura do ex-vereador, Isaú Fonseca. “O Isaú chega ao MDB em um momento importante, onde ele se identifica e, nós também, com o projeto do partido. Queremos administrar Ji-Paraná com a participação popular, com o envolvimento da sociedade nas decisões e principalmente, fazer mais com pouco, ou seja, empregar os recursos públicos de forma correta e com muita responsabilidade”, completou Jônatas.

Para o deputado Lúcio Mosquini, a pré-candidatura do Isaú nasce do clamor popular. Segundo Mosquini, Isaú é a representação do povo. “Ele conhece os anseios e as necessidades da população. Sabe de todas as suas carências e tenho a certeza que fará um ótimo trabalho. Serei um soldado do Isaú e do povo de Ji-Paraná”, declarou o deputado, referendado o compromisso que foi firmado pelo presidente do MDB nacional, deputado federal Baleia Rossi de estar presente no lançamento da candidatura do Isaú.

Já o presidente do MDB regional, Tomás Correia, esclareceu que houve uma grande injustiça no passado contra o Isaú e o povo será o responsável por reparar esse erro grosseiro. “Tive o cuidado de verificar o mal que fizeram ao Isaú. Hoje, ele esta livre e apto a concorrer a qualquer cargo politico. Há de se fazer justiça e tudo será conduzido da melhor forma. O povo será o responsável por reverter essa situação”, advertindo que muitas “fake news”, ou notícias falsas serão disseminadas com o intuito e tentativas de prejudicar o projeto do MDB. “Estaremos atentos a tudo isso e combateremos as mentiras dos adversários inescrupulosos com a verdade”, disse Tomás.

O deputado Laerte Gomes (PSDB) falou da longa amizade que tem com Isaú e destacou a sua iniciativa para o trabalho e compromisso com o povo. “O Isaú é uma pessoa leal e companheira. Ji-Paraná ganhará muito elegendo ele à prefeito”.

Muito emotivo com o carinho da multidão, o pré-candidato a prefeito de Ji-Paraná, Isaú Fonseca, falou da sua trajetória de vida e o trabalho que desenvolveu ao longo do seu mandado como vereador e presidente da Câmara de Ji-Paraná e os projetos que foram construídos e executados para atender toda a sociedade.

“Estou, como sempre estive, com o coração aberto, não carrego qualquer sentimento de magoa ou vingança. Durante esse tempo, não me mantive isolado, pelo contrario, busquei a presença Deus e o apoio da minha família, amigos e do povo que sempre esteve ao meu lado. Procurei ouvir o clamor das comunidades, daqueles menos assistidos, aqueles que realmente precisam de ajuda”, comentou Isaú.

Ele explicou que os problemas que Ji-Paraná enfrenta tem solução e é preciso apenas que o gestor mude a forma como ele enxerga a situação. “O administrador público precisa enxergar e ter uma atitude diferente. É preciso conhecer de perto a real necessidade das comunidades, que são muito distintas”, finalizou Isaú.

Fonte: Assessoria MDB

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here