Bombeiros seguem buscas por desaparecidos no Rio Madeira

0
30
Imprimir página
Militares do Corpo de Bombeiros continuam as buscas pelo cinegrafista da Rede Amazônica Clebson Ribeiro da Cunha, a irmã dele Cleidiane Ribeiro da Cunha, e um sitiante que estaria em uma embarcação que desapareceu no Rio Madeira na última sexta-feira (6), em Porto Velho.

Segundo testemunhas as vítimas caíram no rio durante uma tempestade. A embarcação virou.

De acordo com o capitão Mário Vergotti, existem algumas dificuldades enfrentadas pelos militares durante as buscas como a área onde estão sendo realizadas os trabalhos, que é muito extensa, água muito turva, o leito do rio possui vário fossos, madeiras descendo de forma ininterrupta, galhadas de árvores, e a área onde teria ocorrido o naufrágio possui grande profundidade.

Ainda de acordo com o capitão, as buscas devem durar em torno de sete dias conforme o protocolo.

Assim que o Corpo de Bombeiros foi informado sobre o desaparecimento das vítimas, foram iniciadas as buscas fluviais, uma aeronave também prestou auxílio, na sexta feira continuaram as buscas fluviais, e nesta terça-feira as buscas foram retomadas.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here