Ouro Preto – Fábrica de Artefatos de Concreto é inaugurada em Casa de Detenção

0
234
Imprimir página
Com objetivo de trabalhar a ressocialização dos reeducandos do regime semi-aberto que cumprem pena na comarca de Ouro Preto do Oeste, o governo do Estado, prefeituras dos municípios da região, Poder Judiciário, Ministério Público e a Faculdade Uneouro uniram forças e concretizaram a implantação de uma Fábrica de Artefatos de Concreto nas instalações da Casa de Detenção do município. A articulação da parceria e a coordenação dos trabalhos foram realizadas pela Secretaria Executiva Regional (SER) de Ouro Preto, órgão que representa o Governo de Rondônia na região.

A fábrica foi inaugurada na última segunda-feira (26) em solenidade que contou com diversas autoridades. O trabalho de fabricação de bloquetes, manilhas, meio fio, blocos para calçadas entre outros artefatos contará com a mão de obra de reeducandos, que foram anteriormente capacitados por meio da parceria com a Uneouro.  De acordo com o secretário Marcos Sucão, os objetos produzidos pelos reeducandos terão como destino principal as prefeituras de Nova União, Mirante da Serra, Vale do Paraíso e Ouro Preto do Oeste, que entraram na parceria com o fornecimento de maquinários e os insumos necessários para a produção dos objetos de concreto. Além disso, a prefeitura de Ouro Preto foi responsável pela construção do barracão que abriga os equipamentos da fábrica.

“Todos os insumos trazidos pelas prefeituras serão transformados nos artefatos que serão levados para suas regiões, seja bloquete, manilha, meio fio, entre outros. Outro compromisso firmado com os prefeitos é o contrato de até cinco apenados para trabalhar dentro da fábrica. Este apenado pode produzir tanto para dentro da unidade ou para atender necessidade específica do seu município. Neste contexto, o juiz deverá liberá-lo para o serviço de assentamento da peça produzida”, explicou o secretário regional.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here