Pai x filho: Fred e Pedro se enfrentam pela primeira vez em Fluminense x Cruzeiro

0
14
Imprimir página

Nas três vezes em que enfrentou o Fluminense desde 10 de junho de 2016, data em que encerrou seu ciclo nas Laranjeiras, Fred centralizou as atenções por conta da história vencedora que construiu no Tricolor. O encontro desta quarta-feira, no Maracanã, o jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, agora defendendo o Cruzeiro, porém, fará o centroavante dividir o holofote com Pedro.

O primeiro confronto entre os dois será uma espécie de espelho. Desde o começo da transição da base ao profissional, Pedro viu no ídolo um exemplo a seguir. Foram seis meses de convivência em 2016, algo capaz de fazer Fred enxergar na então promessa alguém com qualidade e personalidade para assumir seu posto. Criou-se a relação “pai e filho”.

– Além de ídolo, o Fred é também um amigo. Ele me dava muitas instruções dentro de campo, de movimentação e de finalização. Só tenho a agradecer o companheirismo que ele teve comigo – disse Pedro em março de 2018, quando começou a se destacar como titular no Tricolor.

Os exemplos começaram antes. Na época de Henrique Dourado, o primeiro substituto de Fred, Pedro marcou seu primeiro gol como profissional diante do Criciúma. Foi em janeiro de 2017, duelo válido pela Primeira Liga. Então no Atlético-MG, o veterano elogiou em um comentário no Instagram: “Golaço, monstro”.

A interação nas redes sociais continuou. Já no Cruzeiro, recuperando-se de lesão no joelho direito, Fred brincou com um “papai te ama”. Foi na mesma época em que a torcida passou a cantar a música “O Pedro vai te pegar”, uma marca registrada da época de Fred.

Não foi à toa. Ao menos dois gols marcados pelo pupilo guardam semelhança com o estilo do mestre. Nos confrontos com Chapecoense e Bahia pelo Brasileirão de 2018, Pedro mostrou técnica, precisão e oportunismo em gols parecidos com dois feitos por Fred no passado.

Um confronto importante como o de quarta é mais um passo na consolidação do retorno de Pedro, após cirurgia no joelho direito feita no ano passado – aqui mais uma semelhança com Fred. Com seis jogos (um como titular) e dois gols marcados, o centroavante tricolor começa a dar mostras de recuperar o bom futebol.

Fred vive uma seca, afinal, não balança a rede há cinco jogos e tentará dar fim ao histórico de três derrotas ao enfrentar o Flu. Mesmo assim, é o artilheiro do time com 16 bolas na rede. Esta na segunda passagem pela Raposa, com quem assinou por três anos após rescindir com o Galo em dezembro de 2017.

Fred x Fluminense

  • Fluminense 4×2 Atlético-MG, Campeonato Brasileiro 2016
  • Atlético-MG 1×2 Fluminense, Campeonato Brasileiro 2017
  • Fluminense 2×1 Atlético-MG, Campeonato Brasileiro 2017
  • Total: três derrotas, nenhum gol marcado

Fonte: GloboEsportes

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here