Cacoal – Cultura indígena é lembrada durante festival

0
137
Imprimir página

Mais de mil pessoas entre alunos e população em geral estão sendo esperados para participarem do “Festival de Arte e Cultura Indígena”, realizado no teatro municipal de Cacoal (RO), município a 480 quilômetros de Porto Velho.

Durante esta quarta-feira (17), exposição de imagens, artesanatos, alimentos e apresentações de filmes vão lembrar a cultura indígena no evento. A programação especial está relacionada ao Dia do Índio, comemorado na próxima sexta-feira (19).

Logo pela manhã vários ônibus escolares começaram a estacionar em frente ao teatro e o hall de entrada do local passou a ser tomado por mentes curiosas. Alunos da escola Santos Dumont, da linha 7, área rural de Cacoal, foram uns dos primeiros a chegarem.

A aluna Alice Creikton, de seis anos, contou que apesar de conhecer alguns índios, nunca havia tido contato com os objetos usados por eles. “Eu achei tudo muito lindo, bem colorido, gostei principalmente dos bichinhos pintados”, disse a menina.

Escolas começaram a visitar o espaço, que faz alusão ao Dia do Índio, comemorado no dia 19 de abril.   — Foto: Magda Oliveira/G1

Escolas começaram a visitar o espaço, que faz alusão ao Dia do Índio, comemorado no dia 19 de abril. — Foto: Magda Oliveira/G1

Para a supervisora da escola, Ivone Maria dos Santos, essa oportunidade de tirar as crianças de dentro do espaço escolar é importante, pois contribui com o aprendizado de uma forma diferente.

“Os alunos adoram sair do espaço escolar. Além disso, a cultura indígena precisa ser valorizada. Muitas escolas de Cacoal tem indígenas matriculados. Porém, no nosso caso, como estamos na área rural, nossos alunos não tem esse contato, pois estão distantes das aldeias. Os alunos estão encantados”, destacou.

A indígena Jamiria Surui estava no festival expondo artesanatos. Segundo ela, esses eventos são importantes para que as pessoas tenham mais acesso à cultura do povo indígena. E sempre faz questão de colaborar.

“Eu tenho muito orgulho em dizer que sou indígena e quero que as pessoas também conheçam a cultura do meu povo”, opinou.

Festival é para trazer um pouco da história indígena por meio de exposições de fotos e artesanatos, segundo direção artística da Fundação Cultural de Cacoal.  — Foto: Magda Oliveira/G1

Festival é para trazer um pouco da história indígena por meio de exposições de fotos e artesanatos, segundo direção artística da Fundação Cultural de Cacoal. — Foto: Magda Oliveira/G1

De acordo com a diretora artística da Fundação Cultural de Cacoal, Cremilda Francisca, o festival é para trazer um pouco da história indígena por meio de exposições de fotos e artesanatos.

“A ideia é abastecer essa cultura, trazendo conhecimento aos alunos, à comunidade, para que todos saibam o valor que tem essa cultura. Estamos na semana do índio e as escolas costumam trabalhar esse tema. Então esse festival vem para somar com esse ensinamento. Além disso, eles estão podendo ver mais de perto o que acontece nas aldeias”, explicou Cremilda.

A programação do evento ainda conta com apresentações de: dança e música ritual indígena, literatura indígena, pintura indígena masculina e feminina e de assessórios masculino e feminino.

As pessoas que visitam o festival ainda podem assistir ao filme “Ex-Pajé”, lançado durante um Festival de Cinema de Berlim, na Alemanha, evento que também premiou o longa.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here