Menor de 17 anos confessa ter estrangulado modelo Garota Expobur/2018 e depois ateado fogo na casa

0
46
Imprimir página
A modelo Camila Sacoman Oliveira, de 17 anos, foi asfixiada até a morte por um jovem da mesma idade, que depois tocou fogo na casa dela para tentar encobrir o crime. O corpo carbonizado de Camila foi encontrado no quarto com um fio enrolado no pescoço, o mesmo que o assassino usou para estrangular a moça. Eleita Garota Rodeio da Exposição Agropecuária de Buritis ( EXPOBUR/2018) , Camila estava  no seu quarto quando houve  o incêndio. Ela residia  na rua Primo Amaral, setor 03, em Buritis,município localizado a 320 Km de Porto Velho.

O delegado de Polícia Civil Leomar Gonçalves disse que o menor confessou o crime, mas antes tentou empurrar a responsabilidade para uma segunda pessoa.

A polícia acredita que o menor queria matar uma amiga da modelo, com quem tinha um relacionamento amoroso e contra quem já havia feito ameaças.

A princípio, a polícia trabalhava com a hipótese de que a casa tinha pegado fogo acidentalmente. O incêndio poderia ter sido provocado pelo carregador de um celular ligado na tomada da residência, mas esta linha de investigação foi descartada porque a perícia apresentou aos investigadores uma foto do corpo de Camila com um fio enrolado no pescoço. O incêndio foi para dificultar as investigações.

Cerca de 15 pessoas, entre testemunhas e suspeitos, foram conduzidas à delegacia. A polícia ficou sabendo que, na noite anterior ao crime, o menor discutiu com a amiga de Camila durante uma festa. As duas mulheres foram embora para casa. A amiga costumava dormir na casa de Camila, mas, nesta noite, foi levada para outro endereço, justamente temendo o namorado.

Este foi até a casa de Camila, não achou a namorada e matou a amiga dela estrangulada. Depois, tocou fogo no imóvel.

A polícia investiga a participação de uma segunda pessoa no crime.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here