Desmoronamento pode deixar famílias isoladas no Ramal Maravilha

0
28
Imprimir página
Os moradores do Ramal Maravilha, na margem esquerda do Rio Madeira em Porto Velho, podem ter que utilizar o acesso no Km 17 para não ficarem isolados. Isso porque um trecho da estrada, assim que s está desmoronando. O local foi sinalizado pela Defesa Civil Municipal que orienta os moradores a terem mais atenção.

Na região, o lago também já transbordou, por causa da cheia do rio e das intensas chuvas, e deixou parte da via interditada. Mesmo com o transbordamento do canal, apenas duas famílias solicitaram apoio logístico da Defesa Civil para saírem de suas casas.

Ainda de acordo com a Defesa Civil, na segunda-feira (11) uma equipe se deslocou até a Villa Mutuns, localizada no Baixo Madeira para visitar as famílias. Na comunidade, a água já invadiu os quintais das residências e os moradores serão levados para barracas disponibilizadas pela prefeitura em um local seguro.

No Beco do Birro e Beco do Gravatal, a água começou a invadir os quintais e duas famílias pediram para serem retiradas com medo de serem surpreendidas com a cheia do rio. No Bairro Baixa União uma família da localidade solicitou ajuda. Nesta terça-feira (12), o Madeira atingiu a cota de 16,40 metros.

Cerca de 820 famílias que residem em áreas de risco nos bairros Balsa, Nacional, Beco do Gravatal, Beco da Rede, Beco do Birro, Candelária e Panair já receberam alerta sobre os riscos de permanecerem nos imóveis. “A água já chegou aos quintais dessas residências e por isso nós estamos retornando nesses locais para alertar mais uma vez essas famílias que o rio vai subir”, informou o coordenador da Defesa Civil, Marcelo Santos.

Estado de alerta
Na última quarta-feira (6), o prefeito Hildon Chaves (PSDB) decretou Estado de Alerta, após o nível do rio ultrapassar 14 metros.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here