Mais uma família é retirada de área inundada com a cheia do Madeira

0
17
Imprimir página
A Defesa Civil Municipal já retirou quatro famílias que residem em áreas de risco de alagação em Porto Velho. Na manhã desta segunda-feira (11), o nível do Rio Madeira chegou 16,43 metros e moradores do Bairro Baixa União solicitaram ajuda para sair de uma residência.

Cerca de 820 famílias que residem em áreas de risco nos bairros Balsa, Nacional, Beco do Gravatal, Beco da Rede, Beco do Birro, Candelária e Panair já receberam alerta sobre os riscos de permanecerem nos imóveis. “A água já chegou aos quintais dessas residências e por isso nós estamos retornando nesses locais para alertar mais uma vez essas famílias que o rio vai subir”, informou o coordenador da Defesa Civil, Marcelo Santos.

No Ramal Maravilha, o transbordamento de um canal deixou várias famílias isoladas, mas apenas duas solicitaram apoio logístico da Defesa Civil para saírem de suas casas.

No Beco do Birro e Beco do Gravatal, a água começou a invadir os quintais e duas famílias pediram para serem retiradas com medo de serem surpreendidas com a cheia do rio. No Bairro Baixa União uma família da localidade solicitou ajuda.

De acordo com a Defesa Civil, uma equipe se deslocou até a Villa Mutuns, localizada no baixo madeira para visitar as famílias. Na comunidade, a água já invadiu os quintais das residências e os moradores serão levados para barracas disponibilizadas pela prefeitura em um local seguro.

Em um trecho localizado no Km 6 na estrada do Belmont, a água já chegou na estrada e algumas famílias ficaram isoladas, segundo informou a Defesa Civil.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here