Fábio Ramalho anuncia candidatura à Presidência da Câmara

0
30
Imprimir página
O mineiro Fábio Ramalho (MDB-MG) anunciou, na tarde desta segunda-feira (7/1), que será candidato à Presidência da Câmara nas eleições de fevereiro. O parlamentar classificou a candidatura dele como “independente” e afirmou que conversará, individualmente, com cada deputado, para conseguir os votos necessários para se manter na disputa.
“A busca por apoio já esta sendo feita. Estou conversando com os 513 parlamentares da Câmara, porque essa eleição não pode ser de líderes, de partidos, do toma la da cá. Sou candidato independente para mudar a Câmara e fazer com que tenhamos uma Casa corajosa, sem medo, para poder fazer as reformas necessárias pelo Parlamento”, disse, na saída do Planalto.
Com uma bolsa verde em mãos, o deputado pediu a agenda com o presidente para fazer uma “visita de cortesia” e anunciar, pessoalmente, a candidatura. Ramalho ressaltou a amizade de longa data entre ele e Bolsonaro e, confiante, afirma que o apoio dos congressistas do PSL a Rodrigo Maia (DEM-RJ) não enfraquecerá a campanha dele.
“Da outra vez, quando fui candidato a vice, nenhum partido me apoiou, mas eu venci a eleição, porque procurei cada parlamentar individualmente. Temos uma panelinha na Câmara e temos que acabar (com ela). Com essa panelinha, não se aprova nada lá”, criticou.
O deputado, que concorre ao cargo mais alto da Casa com Maia, Arthur Lira (PP-AL), Marcelo Freixo (Psol-RJ), saiu do encontro com uma bolsa verde em mãos. Ele trouxe, de presente para o presidente, diversos quitutes mineiros, como queijo, doce de leite, sorvete de queijo, linguiça, azeite artesanal, manteiga de garrafa e pé de moleque — que, inclusive, Bolsonaro abriu e comeu durante a visita. “O presidente e eu somos amigos desde a Câmara. Ela é muito forte e demonstra que não haverá interferência (de Bolsonaro) nenhuma na Câmara. O apoio do PSL não é o apoio dele”, finalizou.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here