PALAVRA ESPÍRITA

0
66
Imprimir página
PEREGRINO DO SENHOR (adaptação)

Espírito Joanna de Ângelis. Psicografia de Divaldo Pereira Franco. Obra “Rejubila-te em Deus”.

… E Jesus cantou o Evangelho libertador, utilizou-se de um grão de mostarda e das moradas da Casa do Pai, da figueira sem frutos e das redes de pescar, do filho pródigo e do bom samaritano, das dracmas e das ovelhas, do servo infiel e do trabalhador da última hora, das virgens loucas e das virgens prudentes, da vigilância e da oração, do que é de César e do que é de Deus, de peixes e de pães, e compôs a mais bela e exuberante sinfonia que o mundo passou a conhecer, sem que haja silenciado as últimas notas que pairam nas vibrações da partitura terrestre.
… Ele penetrou o âmago do sofrimento humano com as notas musicais da compaixão e da misericórdia, colocou luz nos olhos apagados, proporcionou sons aos ouvidos moucos, ensejou voz às gargantas mortas, movimentos aos membros paralisados, lucidez às mentes perturbadas, esperança aos sentimentos desiludidos, alegrias às vidas estioladas…
Sobretudo, a Sua presença acalmava as multidões e tranquilizava os atormentados dos caminhos e das sombras da morte, que retornavam em alucinações e desatinos contra os outros transeuntes das estradas humanas.
… Ele é a Luz do mundo sombrio, a porta de acesso à harmonia, o caminho seguro para a felicidade, o Pastor Misericordioso e compassivo, o Amigo de todos aqueles que não têm companhia, o Pão de vida e de sustentação da vida, o Sol que brilha na noite das paixões…
…E desde aquele momento em que Ele ressurgiu, o mundo nunca mais pôde ser o mesmo, porque a morte foi diluída ante a perene madrugada da imortalidade a que Ele se referiu e demonstrou ao retornar para conviver com os amigos ainda aturdidos e sofridos, arrependidos e saudosos, porque O amavam, sim, a seu modo, dentro das suas possibilidades infantis e ternas…
Prossegue a cantar, peregrino do Senhor, mesmo quando todas as vozes silenciarem, se assim acontecer, porque Ele te enviou para que te inebries de contentamento na servidão em que te encontras, para auxiliar os teus irmãos da retaguarda, que ainda não despertaram para a compreensão da Verdade e não dispõem de audição para a musicalidade espiritual do Evangelho.
Nunca deixes de cantar o bem e vive-o como se fosses uma flauta que alguém sopra, e o ar se transforma em doce melodia que embala a vida.
Jamais silencies a voz, mesmo que o cansaço dificulte a emissão do som, mantém a musicalidade no pentagrama da memória jovial e renovada pelas emoções da sinfonia.
Renasceste para peregrinar com a canção de imortalidade, que permanecerá contigo, quando tudo mais houver passado.
Um dia, que se pode transformar em uma noite, depois de adormecido, despertarás ouvindo os clarins do Reino de Deus, e serás recebido por Aquele que venceu a morte e o mundo por muito amar.

Para conhecer melhor o Espiritismo, procure o Centro Espírita mais próximo da sua casa, em qualquer cidade do Estado de Rondônia. Informe-se no site da Federação Espírita de Rondônia – FERO (http://www.fero.org.br) ou pelo telefone: (69) 3222-5930.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here