Polícia descobre autor de assassinato e estupro na Capital

0
10
Imprimir página
Policiais Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio esclareceram o crime que vitimou Gleisson Ferreira Coutinho (foto), 23 anos, morto durante um roubo no dia 22 de janeiro deste ano, em uma residência no Bairro Cascalheira, na Zona Leste de Porto Velho. A esposa da vítima foi estuprada pelo criminoso.

De acordo com o delegado, José Marcos, o responsável pelo crime é um apenado de 18 anos, que na época tinha apenas 17 anos. “No dia do crime, a vítima teve sua residência invadida durante a madrugada daquela data no momento em que ele dormia na companhia da esposa”, esclareceu o delegado.

Deitado na cama, o jovem foi violentamente agredido com porretadas na cabeça, não conseguindo, sequer, levantar da cama, vindo a falecer no Pronto Socorro João Paulo II, cinco dias após o roubo.

Após atacar Gleisson, o criminoso passou a estuprar a esposa dele e após mais de uma hora dentro da residência, fugiu levando um relógio, telefone celular, um aparelho de TV de 32 polegadas e a motocicleta da vítima.

Após cinco dias do ocorrido, a Polícia conseguiu localizar a motocicleta da vítima em uma oficina mecânica, com a placa adulterada.

Ciente das provas existentes em poder da Polícia Civil, o apenado confessou detalhadamente como entrou na residência das vítimas e praticou os atos.

Para o delegado, o criminoso afirmou que conhecia Gleisson e que resolveu invadir a residência para matá-lo em virtude de uma dívida e como já estava lá dentro, resolveu estuprar a mulher e levar os bens da casa.

Ainda segundo o delegado, o apenado está preso respondendo pelo crime de roubo à mão armada ocorrido na semana passada.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here