Cacoal – Indígenas passam a receber atendimento odontológico

0
23
Imprimir página

Os indígenas que moram em Cacoal (RO), município a 480 quilômetros de Porto Velho, e até no Mato Grosso (MT), serão beneficiados com tratamentos odontológicos no mês de julho.

A ação faz parte de uma parceria entre o Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei) Vilhena, Associação de Defesa Etno-ambiental Kanindé e a Associação Metairelá, por meio dos Doutores sem Fronteiras.

Os tratamentos serão oferecidos na aldeia Linha 11 Lapetanha em Cacoal, de 11 a 14 de julho.

Os indígenas receberão, além do atendimento básico, o especializado, como implantes dentários, enxerto ósseo, canal automatizado em sessão única, coroa de porcelana, reconstrução dentária, pino de fibra de vidro, exodontia de terceiro molar, entregas de kits de higiene oral, entre outros procedimentos odontológicos.

Para que a ação seja possível, uma estrutura será montada dentro da aldeia com mais de seis consultórios portáteis e uma unidade odontológica móvel.

De acordo com a responsável técnica de saúde bucal do Dsei Vilhena, Renata Prestes, essa é a primeira vez que os indígenas poderão fazer implante dentário dentro da aldeia.

Maior público

A ação já foi realizada no município em 2017, quando 224 pessoas de 31 aldeias do polo base Cacoal foram atendidas. Para este ano, a expectativa é aumentar a quantidade de indígenas atendidos.

O Dsei Vilhena realiza atendimento odontológico básico em 179 aldeias distribuídas em 4 polos base, sendo em Cacoal, Vilhena (RO), Juína (MT) e Aripuanã (MT).

Para isso, contam com oito equipes de saúde bucal que trabalham de modo itinerante, com foco na prevenção e promoção de saúde.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here